Termalismo

No decorrer dos séculos XVIII e XIX, as Termas do Carapacho começaram a ser reconhecidas pela capacidade das suas águas quentes proporcionarem aos visitantes um momento de cura, sossego e paz, chegando mesmo a serem consideradas como milagrosas.

Junto ao mar, no sopé da elevação vulcânica de maior altitude da ilha que culmina na Caldeira da Graciosa, onde se encontra outro dos pontos turísticos mais procuradas da ilha: a Furna do Enxofre, esta estância termal está inserida numa zona balnear, com piscina natural, sendo muito procurada pelos múltiplos benefícios das suas águas quentes.

Com origem no aquífero subjacente à Furna do Enxofre, as suas águas são cloretadas, sódicas, sulfatadas, cálcicas, hipersalinas, cloretada sódica bicarbonatada muito rica em sais de magnésio e com um PH de 7,2. Emergem a uma temperatura de cerca de 40ºC.

A sua utilização terapêutica remonta pelo menos à década de 1750 na profilaxia de doenças reumáticas, de pele, do fígado e de colites, sendo a forma de tratamento mais usual os banhos de imersão. O edifício oitocentista de estilo clássico, foi completamente renovado e oferece serviços de SPA e de terapêuticas medicinais.

A época termal estende-se entre o dia 1 de Maio e o dia 30 de Setembro de cada ano.

Tour, Programas e Oportunidades...

Saúde e Bem Estar

http://www.exploregraciosa.com/ver-fazer/termalismo/
O que dizem sobre nós...

Trabalhou com Fellini e Scorsese. Agora, salva o burro anão dos Açores

tsf.pt

O alho da Graciosa ainda vai dar que falar

Graciosa, a Ilha Branca

Açores têm uma ilha com a luz híbrida mais verde do mundo